terça-feira, 26 de abril de 2011

PREGUIÇA.


A preguiça pode ser interpretada como aversão ao trabalho, bem como negligência, morosidade e lentidão.
O preguiçoso, conforme o senso comum é aquele individuo avesso a atividades que mobilizem esforço físico ou mental. De modo que lhe é conveniente direcionar a sua vida a fins que não envolvam maiores esforços.
Passamos esses dias com alguns feriados, Semana Santa, Tiradentes, São Jorge, São Benedito, ufa...
Mas tem gente que acha que foi pouco e fica com o calendário nas mãos e contando os dias para o próximo descanso. Praia, zoológico, show, que pais é este?
E tem gente que reclama do salário.
Estamos criando crianças preguiçosas e adversas ao trabalho e a cooperação ao dia a dia em nossa casa, preste mais atenção!
Andar bem vestidos, ter aquele celular de três chips, cabelinho tipo Justin Bieber, tênis de marca é tudo que o preguiçoso gosta!
Mas mostre para o seu filho a importância do trabalho e a dificuldade de conquistar o pão de cada dia, que por sinal não cai do céu.
Mas este blogueiro também às vezes bate aquela  vontade de fazer nada é  aí que mora o perigo.
Mas acho que o trabalho é a forma de levarmos a boa nova e devemos estar sempre atento aos problemas de quem está do nosso lado.
A preguiça pode virar uma doença se não prestarmos atenção a outras coisas e fatores que nos regem em nossa vida.
A preguiça faz com que nos esqueçamos das boas obras e do empenho ao nosso irmão e esquecer que as simples coisas da vida nos enriquecem. Mostrar boa vontade em ajudar seu próximo é um bom sentimento e gratifica a nossa alma e direciona as conquistas, seja um trabalhador amigo e prestativo e isso certamente agrada a Deus e fará seu dia muito mais alegre e prestativo.
Xô preguiça...
Faça valer a Páscoa e esqueça o chocolate e o coelhinho!
Vida nova pra você.