sábado, 9 de abril de 2011

Para refletir.

 
O Pacote dos Biscoitos
Uma jovem moça estava em viagem, na sala de embarque de um grande aeroporto. Como deveria esperar algumas horas, resolveu comprar um livro para passar o tempo. Comprou também um pacote de biscoitos.
Sentou-se numa poltrona, na sala de espera do aeroporto, para descansar um pouco e começou a ler tranquilamente.
Ao seu lado sentou-se um homem que abriu uma revista e começou também a ler. 
Instintivamente a jovem retirou o primeiro biscoito do pacote ao seu lado e o homem também pegou um.  
Sentiu-se indignada mas não disse nada. Apenas pensou:
- Mas que cara de pau! Se eu estivesse com outra disposição dava-lhe um soco no olho para que ele nunca mais se esquecesse desse atrevimento!
Seguidamente, de cada vez que a jovem retirava um biscoito o homem também pegava um. Aquilo deixouo-a indignada mas não conseguia reagir.
Quando restava apenas um biscoito, ela pensou:
-Deixa ver o que esse atrevido vai fazer agora...
Então, o homem dividiu o último biscoito ao meio e retirou metade, deixando a outra metade para ela.
Aquilo era demais! Ela estava fula de raiva! Furiosamente fechou livro, pegou as suas coisas e dirigiu-se para o local de embarque.
Quando finalmente se sentou confortavelmente numa poltrona, já no interior do avião, olhou para dentro da bolsa para pegar os seus óculos e, com grande surpresa, viu o seu pacote de biscoitos lá dentro, ainda intacto!
Percebeu então que a errada era ela... e sentiu uma imensa vergonha. Ela tinha-se esquecido que os seus biscoitos estavam guardados na bolsa e o homem dividira os biscoitos dele sem se sentir indignado, nervoso ou revoltado... e já não havia forma de se explicar e pedir desculpas...

Moral da história, existem quatro coisas que não se podem recuperar:
-A pedra, depois de atirada!
-A palavra, depois de proferida!
-A oportunidade, depois de perdida!
-O tempo, depois de passado!