quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Novo mapa brasileiro.


Aproveitando a onda da mudança de gramática a ABL (Academia Brasileira das Loiras), reuniu-se num salão de beleza no último sábado e decidiram como usar algumas palavras que constam em nosso dicionário mas ainda tem interepretações confusas, principalmente para ela.
ABREVIATURA - ato de se abrir um carro de polícia;
ALOPATIA - dar um telefonema para a tia;
BARBICHA - boteco para gays;
CÁLICE - ordem para ficar calado;
CAMINHÃO - estrada muito grande;
CATÁLOGO - ato de se apanhar coisas rapidamente;
COMBUSTÃO - mulher com peito grande;
DESTILADO - aquilo que não está do lado de lá;
DETERGENTE - ato de prender indivíduos suspeitos;
DETERMINA - prender uma garota;
ESFERA - animal feroz amansado;
HOMOSSEXUAL - sabão utilizado para lavar as partes íntimas;
LEILÃO - Leila com mais de 2 metros de altura;
KARMA - expressão mineira para evitar o pânico;
LOCADORA - uma mulher maluca de nome Dora;
NOVAMENTE - diz-se de indivíduos que renovam sua maneira de pensar;
OBSCURO - OB na cor preta;
QUARTZO - partze ou aposentzo de um apartamentzo;
RAZÃO - lago muito extenso porém pouco profundo;
RODAPÉ - aquele que tinha carro mas agora roda a pé;
SAARA - muulher do Jaacó;
SEXÓLOGO - sexo apressado;
SIMPATIA - concordando com a irmã da mãe;
SOSSEGA - mulher só desprovida de visão;
TALENTO - característica de alguma coisa devagar;
TÍPICA - o que o mosquito nos faz;
UNÇÃO - erro de concordância muito frequente (o correto seria: um é);
VATAPÁ - ordem dada por prefeito de cidade esburacada;
VIDENTE - dentista falando sobre seu trabalho;
VIÚVA - ato de ver uva;
VOLÁTIL - sobrinho avisando onde vai.
N.E.: Esta piada já foi contada em 300 versões diferentes. Essa é só mais uma que um anônimo enviou.